Prescrições de opióides aumentou 300 por cento na última década


De acordo com a Consumer  Reports, as  prescrições de opióides (metadona, morfina, oxicodona, hidrocodona ), por exemplo, aumentaram 300 por cento na última década. "Vicodin e outros analgésicos  a base de hidrocodona  são os medicamentos mais comumente prescritos  nos EUA", segundo o relatório.Talvez por isso, a cada dia 44 pessoas morrem de overdose de opiáceos e mais de 7.000  são levadas  às salas de emergência para tratar o vício. 

No Brasil, que tem a cultura da automedicação, a situação não é diferente. Embora a ANVISA não tenha estudos detalhados sobre esse assunto.

Os efeitos do abuso de opiáceos, como relatado em Healthline.com, incluem:
Infertilidade; problemas hormonais
Irritabilidade e alterações de personalidade desagradáveis
Náusea
Vómitos
Sistema imunológico enfraquecido
Aumento do risco de HIV ou doença infecciosa
Aumento do risco de hepatite
Alucinações
Veias colapsadas ou vasos sanguíneos obstruídos
Risco de asfixia
Apesar desses riscos (alguns dos quais estão associados com o uso de opióides por via venosa), os médicos continuam a prescrever opióides aos pacientes, mesmo sabendo que eles  podem se tornar viciados. Tudo isso em nome da ganância, dos lucros  das grandes farmacêuticas .

Fonte: Consumer Reports.org
 

 

Enquete

Um ano como prefeito, você considera o Crivella o pior prefeito que o Rio já teve até hoje?

SIM 954 83%
NÃO 200 17%

Total de votos: 1154

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!