Mulher que denunciou estupro coletivo é condenada a 200 chibatadas e seis meses de prisão na Arábia Saudita


Uma mulher saudita foi condenado a 200 chicotadas e seis meses de prisão por indecência e por contar a sua história aos meios de comunicação, informou o portal  "Middle East Monitor". Ou seja, a mulher é "culpada" por ter sido estuprada e denunciar o crime. Arábia Saudita é um dos países mais opressores do mundo.

Enquete

Um ano como prefeito, você considera o Crivella o pior prefeito que o Rio já teve até hoje?

SIM 651 93%
NÃO 49 7%

Total de votos: 700

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!