Empregado da Monsanto admite que existe um departamento inteiro para 'desacreditar' cientistas



Atreva-se a publicar um estudo científico contra a Big Biotech Monsanto, e a Monsanto irá difamá-lo e desacreditá-lo. Pela primeira vez, um funcionário da Monsanto admite que há todo um departamento dentro da corporação com a simples tarefa de causar  "descrédito" e "desmistificação" dos cientistas que falam contra os OGM.
A OMS  recentemente classificou o glifosato, um produto químico dos  mais vendido  da Monsanto, como cancerígeno - Desde então a Monsanto vem exigindo que a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC) retratem-se  de suas declarações sobre a toxicidade dos venenos para a saúde humana.
A empresa "exige", isso mesmo, que um amplo  estudo  publicado em março de 2015, pela respeitada revista The Lancet Oncology, que  prova que o glifosato  tem um enorme potencial  cancerígeno, seja  refeito.
Vice-presidente de assuntos regulatórios globais da Monsanto, Philip Miller,  disse à Reuters o seguinte em entrevista:   "Questionamos a qualidade da avaliação. Tem  muita  coisa para explicar."
Estar tudo explicado,  Sr. Miller.  "O glifosato é atualmente um herbicida de amplo espectro,  com os maiores volumes de produção de todos os herbicidas. Ele é usado em mais de 750 diferentes produtos para a agricultura, silvicultura, urbano, e aplicações em casa. Seu uso tem aumentado consideravelmente com o desenvolvimento de organismos geneticamente modificadoso. O Glifosato foi detectado no ar durante a pulverização, em água, e nos alimentos. Houve evidência limitada em seres humanos para a carcinogenicidade de glifosato.
O glifosato foi detectado no sangue e na urina de trabalhadores agrícolas, indicando absorção.

Enquete

Um ano como prefeito, você considera o Crivella o pior prefeito que o Rio já teve até hoje?

SIM 954 83%
NÃO 200 17%

Total de votos: 1154

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!