O que pensam os EUA e o Brasil sobre o governo da Guiné Equatorial. O pragmatismo e a hipocrisia nas relações internacionais.

A ex-colônia espanhola, Guiné Equatorial ganhou  destaque por causa do patrocínio ao enredo da Escola de Samba , Beija-Flor . Muitos que hoje falam sobre aquele  país, sequer sabiam onde ele fica .

Em 2004, uma investigação do Senado americano sobre um banco local identificou que a família de Obiang havia recebido propinas  vultuosas  de petroleiras americanas, como Exxon Mobil e Amerada Hess. Observadores dizem que os EUA evitam criticar publicamente a Guiné Equatorial porque o país é um aliado em uma região volátil e rica em petróleo.

Em 2006, a então secretária de Estado americana Condoleezza Rice exaltou Obiang como um "bom amigo", apesar das críticas feitas pelo próprio Departamento de Estado às restrições a liberdades civis e direitos humanos no país africano. Em 2010, uma visita do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Guiné Equatorial também despertou polêmicas. Na época, o então chanceler Celso Amorim disse que "negócios são negócios". E de fato, nenhum país do mundo deixa de fazer negócios porque um determinado país tem um regime corrupto e ditatorial.

The Bruzundangas Times

Enquete

Você acha que Michel Temer é corrupto e que deve ser cassado?

Sim 490 96%
Não 21 4%

Total de votos: 511

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!