Mulher que denunciou estupro coletivo é condenada a 200 chibatadas e seis meses de prisão na Arábia Saudita


Uma mulher saudita foi condenado a 200 chicotadas e seis meses de prisão por indecência e por contar a sua história aos meios de comunicação, informou o portal  "Middle East Monitor". Ou seja, a mulher é "culpada" por ter sido estuprada e denunciar o crime. Arábia Saudita é um dos países mais opressores do mundo.

Enquete

Você acha que Michel Temer é corrupto e que deve ser cassado?

Sim 545 96%
Não 25 4%

Total de votos: 570

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!