Essas são as quatro maiores ameaças para o mundo nos próximos 10 anos.


Desde  conflitos internacionais  ao desemprego crônico, aqui está o que o Fórum Econômico Mundial pensa que  vai  agitar a economia mundial na próxima década.

Nuvens negras sobre Nova York . Photo Inga Sarda-Sorensen.

Antes de seu encontro anual em Davos na próxima semana, o Fórum Econômico Mundial, lançou a sua avaliação anual dos maiores perigos que o mundo enfrentará  na próxima década.

Em anos anteriores, o Global Risk Report do WEF se concentrou  em coisas como  níveis de endividamento e as crises fiscais como as maiores  ameaças  para a economia global. Este ano, no entanto, os  conflitos internacionais  e as preocupações ambientais  deram um salto  na  lista de 28 riscos destacados por 900 especialistas do fórum.

Aqui está um resumo do que deveríamos  temer  ao longo da próxima década.

1. Conflitos

A maior ameaça para a estabilidade do mundo nos próximos 10 anos, é provável que venha de tensões geopolíticas.De acordo com o relatório, a crise na Ucrânia, as tensões  da Rússia com a Europa, e as tensas relações sino-japonesa , são  provas de que as maiores potências do mundo, mais uma vez começaram  a se envolver em lutas  pelo  poder estratégicos. Embora nem todos estes conflitos  sejam , por  natureza , explicitamente violentos , a probabilidade de repercussões regionais foi o tema que mais assustou os formuladores de políticas sobre a estabilidade global, a curto e longo prazo.


2. A água é o novo  Petróleo

As preocupações ambientais também ultrapassaram  o topo da lista, principalmente porque o relatório mostra  a falta de preparação mostrada pelos líderes mundiais sobre a melhor forma de lidar com condições meteorológicas extremas e as alterações climáticas.  Mas a ameaça que foi jconsiderada  como  o  maior impacto sobre a população mundial, foi uma crise no abastecimento de água no mundo. Estima-se que entre  4 e 5 bilhões de pessoas no mundo  não têm acesso  a água potável,  o Oriente Médio, em particular, susceptível de ser  uma área de conflitos   em torno de abastecimento de água.

" Poderemos ver as mesmas tensões em torno da água, como vimos em torno do petróleo "- Espen Elde, diretor-gerente do Fórum Econômico Mundial.

Agricultura já representa  70% em  média do consumo total de água e, de acordo com o Banco Mundial,  será necessário aumentar a produção de alimentos  em  50%  em 2030, para atender às necessidades da população do mundo, observou o WEF.

Da mesma forma como as grandes potências travaram guerras por terras  e petróleo, nós poderemos  ver batalhas pelo controle de fontes de água doce, disse um dos autores do relatório.

3. Colapso  de  Estados

Em 2014 viu-se  o surgimento de atores não-estatais que ameaçavam  a soberania dos Estados-nação.

Entre eles estavam o Estado Islâmico ( EI ) e esta tendência ao colapso do governo na Síria e no Iraque é destacada como um dos riscos associados que vêm com o conflito geopolítico.  O EI  reivindicou o controle do território e atraiu 20.000 a 30.000 combatentes ", diz o relatório. A brutalidade do grupo também pode levar ao uso de armas de destruição em massa e aumentar a probabilidade de ataques terroristas de grande escala ao longo da próxima década.

4. A taxa de desemprego

Pela primeira vez em  quase  10 anos de história do relatório, as  preocupações econômicas apresentam muito menos proeminentes. Um retorno lento ao crescimento global reduziu a probabilidade de outra crise financeira, mas de todas as ameaças econômicas que ainda permanecem, o desemprego foi  classificado como a ameaça mais provável a longo prazo para a estabilidade social. Desemprego persistente  é um fator  de desigualdade e uma fonte de tensão social, diz o relatório, que não  se mostra  otimista sobre a  incipiente recuperação dos empregos seja  suficientes para manter a prosperidade global.

"O crescimento econômico mais baixo e as mudanças tecnológicas são susceptíveis de manter o desemprego elevado no futuro", diz o relatório.

The Bruzundangas Times.

 

Fonte: Fórum Econômico Mundial/ The Telegraph

 

Enquete

Você acha que Michel Temer é corrupto e que deve ser cassado?

Sim 490 96%
Não 21 4%

Total de votos: 511

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!