Arqueólogos encontram bunker onde Hitler desenvolvia bomba atômica

 

Um grupo de arqueólogos liderado pelo documentarista Andreas Sulzer realizou uma descoberta extraordinária, que ajudará a reconstruir a história mais obscura do século XX. Trata-se de um bunker nazista conectado ao campo de concentração de Mauthausen-Gusen. Nele, engenheiros sob o comando de Hitler desenvolviam – segundo deduzem os pesquisadores, por causa do alto nível de radiação na zona – diversas armas nucleares, entre elas uma bomba atômica.

A detecção dos níveis de radiação, próximo à cidade austríaca de St. Georgen an der Gusen, foi a chave para que equipe chegasse à descoberta. Eles conseguiram acessar um labirinto de túneis subterrâneos, onde encontraram capacetes e objetos pertencentes às tropas nazistas, e que levava ao bunker nazista. “É, provavelmente, o maior local de produção de armas secretas do Terceiro Reich, pois tem uma superfície de 30 hectares”, disse Sulzer.

The Bruzundangas Times/ History Brasil/ Daily Mail

 

Enquete

Você acha que Michel Temer é corrupto e que deve ser cassado?

Sim 490 96%
Não 21 4%

Total de votos: 511

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!